SESMT quais são suas atribuições?

SESMT quais são suas atribuições?
3 anos atrás

A Norma Regulamentadora NR4 estabelece o Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho – SESMT, levando em consideração o risco da atividade principal e o número total de empregados do estabelecimento, que poderá ser composto por uma equipe multidisciplinar formada por Técnico em Segurança do Trabalho, Engenheiro de segurança do trabalho, Médico do trabalho e Enfermeiro do trabalho.

Quais são as atribuições do SESMT?

SESMT – Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e Medicina do Trabalho, cuja equipe de profissionais tem como finalidade promover a saúde e proteger a integridade física dos trabalhadores.

Dentre as principais atribuições do SESMT tem-se:

  • colaborar nos projetos e na implantação de novas instalações físicas;
  • determinar os Equipamentos de Proteção Individual e Coletivo EPI e Equipamento de Proteção Coletiva e  Equipamentos de Proteção Individua  – EPC, de acordo com a Norma Regulamentadora – 6;
  • responsabilizar-se, tecnicamente, pela orientação quanto ao cumprimento do disposto nas Normas Regulamentadora de Segurança e Medicina do Trabalho;
  • manter permanente relacionamento com a Comissão Interna de Prevenção de Acidentes – CIPA  valendo-se ao máximo de suas observações, além de treiná-la, apoiá-la e atendê-la, conforme dispõe a Norma Regulamentadora 5;
  • ministrar Treinamentos de Segurança no Trabalho.

 Quais são as responsabilidades do técnico de segurança?

O profissional técnico em segurança do trabalho atua principalmente na avaliação e prevenção de acidentes e de doenças ocupacionais em empresas de diferentes setores, desde a construção civil e a indústria de autopeças até hospitais e bancos.

As principais atribuições do Técnico de Segurança são:

  • prevenção para evitar acidentes. Este deve ser seu grande objetivo, porém, para que seja alcançado há uma série de atribuições específicas nas quais o profissional deve estar envolvido. Veja as mais importantes:
  • orientar e coordenar o sistema de Segurança do Trabalho, investigando riscos e causas de acidentes, analisando política de prevenção;
  • inspecionar locais, instalações e equipamentos da empresa e determinar fatores de riscos e acidentes;
  • propor normas e dispositivos de segurança, sugerindo eventuais modificações nos equipamentos e instalações e verificando sua observância para prevenir acidentes;
  • inspecionar os sistemas de combate a incêndios e demais equipamentos de proteção;
  • elaborar relatórios de inspeções qualitativas e quantitativas, conforme o caso;
  • registrar em documento próprio a ocorrência do acidente de trabalho;
  • manter contato junto aos serviços médico e social da instituição para o atendimento necessário aos acidentados;
  • participar do programa de treinamento quando convocado;
  • orientar os funcionários no que se refere à observância das normas de segurança;
  • promover e ministrar treinamentos sobre segurança e qualidade de vida no trabalho;
  • participar de reuniões de trabalho relativas a sua área de atuação;
  • promover campanhas e coordenar a publicação de material educativo sobre Segurança e Medicina do Trabalho;
  • investigar acidentes ocorridos, examinar as condições, identificar suas causas e propor providências cabíveis.