PCA – Programa de Conservação Auditiva: guia prático para empresas

PCA – Programa de Conservação Auditiva: guia prático para empresas
3 anos atrás

A medicina denomina como deficiência auditiva, a diminuição da capacidade de percepção normal dos sons, e considera surdo o indivíduo cuja audição não é funcional na vida comum, parcialmente surdo, aquele cuja audição, ainda que deficiente, é funcional com ou sem prótese auditiva.

Percebe-se dessa forma que existem dois tipos de problemas auditivos, o primeiro afeta o ouvido externo ou médio, e provoca dificuldades auditivas condutivas, normalmente tratáveis e curáveis. O outro tipo envolve o ouvido interno ou o nervo auditivo e é chamado de surdez neurossensorial.

É no trabalho, especialmente, na área industrial, que especialistas da área médica começam a constatar as dificuldades e os riscos que muitos trabalhadores passam, entre eles está o ruído.

E é sobre os perigos dos ruídos para a saúde do trabalhador o assunto deste post.

O ruído, principalmente, o do ambiente de trabalho, pode provocar a surdez total e permanente no indivíduo. Além disso, o excesso de ruído conduz ao estresse físico, distúrbios psicológicos, náuseas, cefaléias, redução da produtividade, aumento do número de acidentes e, consequentemente, o número de consultas médicas.

As medidas de controle têm por objetivo impedir, como também prevenir a instalação ou evolução de perda auditiva em determinado grupo de trabalhadores que é chamado Programa de Conservação Auditiva – PCA.

Basicamente o PCA apresenta as seguintes etapas:

– avaliação do grau do ruído e determinação da exposição dos trabalhadores ou não a esse risco;

– exames de audiometrias no pré-admissional, a cada seis meses após a admissão e anualmente;

– acompanhamento do funcionamento da audição dos trabalhadores, a fim de detectar possíveis alterações;

– orientação ao trabalhador e à empresa sobre os possíveis danos ocasionados pela exposição a graus muito elevados de ruído;

– orientação de medidas preventivas.

O que é PCA – Programa de Conservação Auditiva?

O PCA é um conjunto de medidas que visam à prevenção ou à evolução de perdas auditivas nos trabalhadores que estão expostos a ruídos no ambiente de trabalho.

Tais medidas devem estar de acordo com outros programas de saúde do trabalhador e, sobretudo, a obrigatoriedade da implementação do PCA em todo estabelecimento de trabalho com Níveis de Pressão Sonora Elevados, de acordo com a Portaria Nº 19, de 9 de Abril de 1998 do Ministério do Trabalho e Emprego.

Ademais, o PCA atende a duas Normas regulamentadoras a NR7 e a NR9.

A Norma Regulamentadora NR-7 – Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional – PCMSO estabelece diretrizes e parâmetros mínimos para a avaliação e o acompanhamento da audição do trabalhador, por meio de realização de exames audiológicos de referência e sequenciais e fornece subsídios para a adoção de programas que visem à prevenção da perda auditiva induzida por níveis de pressão sonora elevados e a conservação da saúde auditiva dos trabalhadores.

No PCMSO também devem estar relacionados quais são os exames necessários e quais são os exames complementares. Além do mais, o controle audiométrico é uma das ações que fazem parte de um PCA, visando não somente à feitura dos exames audiométricos, mas também à documentação de seu processo evolutivo, tendo início no momento  da contratação e com acompanhamento.

Já a NR – 9 – Programa de Prevenção de Riscos Ambientais – PPRA, estabelece a obrigatoriedade da elaboração e implementação, por parte de todos os empregadores e instituições que admitam trabalhadores como empregados, do Programa de Prevenção de Riscos Ambientais – PPRA, visando à preservação da saúde e da integridade dos trabalhadores, por meio da antecipação, reconhecimento, avaliação e consequente controle da ocorrência de riscos ambientais existentes ou que venham a existir no ambiente de trabalho, tendo em consideração a proteção do meio ambiente e dos recursos naturais.

Para que serve o PCA – Programa de Conservação Auditiva?

O PCA é um programa que junto com o PPRA e PCMSO propõe condições de trabalhos e cuidados que visem à saúde do trabalhador.

O PCA age diretamente no problema, lançando mão de medidas corretivas e preventivas a todos os colaboradores. Por isso, a sua relevância dentro das organizações.

É preciso salientar, contudo, que o PCA é um programa amplo e complexo, que requer treinamento e controle.

Ademais, os programas de conservação auditiva devem ser coordenados por profissionais da área médica, por fonoaudiólogos, engenheiros e técnicos de segurança do trabalho.

De forma que o PCA está relacionado com:

– o controle epidemiológico;

– as avaliações e intervenções;

– a antecipação e controle dos riscos para a saúde auditiva.

Portanto, é condição sine qua nom de toda empresa ou indústria controlar o ruído para a saúde de seus colaboradores.

Importância do PCA – Programa de Conservação Auditiva

A importância do PCA está em oferecer benefícios para os funcionários e para as empresas, pois, se as organizações desenvolverem formas corretas do PCA, certamente elas receberão, em contrapartida, aumento da produtividade de seus colaboradores.

Vejamos:

– redução do estresse e fadiga dos funcionários;

– diminuição do índice de acidentes; e, consequentemente,

– imagem positiva da empresa por praticar políticas que visam à saúde e à segurança do trabalhador.

Com a prática do PCA, as empresas trabalham de acordo com as exigências legais, reduzem seus custos e evitam reclamações trabalhistas. Isso porque elas terão condições de realizar diagnósticos precoces, o que resulta em qualidade de vida do trabalhador.

Por fim, a implementação do Programa de Conservação Auditiva – PCA é indicado às indústrias e às organizações que tenham funcionários expostos em ambientes de trabalho com grau de pressão sonora bem acima dos limites de tolerância recomendáveis.

Somente com o PCA pode auxiliar as empresa e os seus colaboradores.

Onde fazer o PCA – Programa de Conservação Auditiva? 

Na OpusMed. Uma empresa especialista em medicina ocupacional e saúde do trabalhador.

Com a experiência de seus profissionais, que trabalham dentro das modernas metodologias e tecnologias, a Opusmed oferece aos seus clientes excelência nos serviços, assessoria técnica e uma completa estrutura clínica e diagnóstica.

A Opumed realiza exames médicos particulares a baixo custo, com rapidez no atendimento e agilidade na entrega dos resultados. Tudo isso para os seus clientes.

Aqui, o cliente sente confiança. Isso porque a Opusmed trabalha de acordo com os requisitos exigidos pelo Ministério do Trabalho e Órgãos Fiscalizadores, visando sempre à qualidade de vida e ao bem-estar de seus clientes.